Acesso a Informação

Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Acesso Rápido

Redes Sociais

Página Inicial NOTÍCIAS Hub Aéreo: passageiros poderão ficar até três dias em Fortaleza e na Europa sem alteração de tarifa
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Hub Aéreo: passageiros poderão ficar até três dias em Fortaleza e na Europa sem alteração de tarifa
Sex, 04 de Maio de 2018 13:58



A operação do hub em Fortaleza trará grande vantagem aos passageiros: o stopover. As companhias aéreas Air France-KLM e GOL Linhas Aéreas Inteligentes ofertarão o serviço, que consiste em possibilitar que os clientes passem três dias na capital cearense, durante conexão, sem alteração de tarifa na passagem. O mesmo valerá para quem partir de Fortaleza com destino a Paris e Amsterdã.

O anúncio da novidade foi realizado em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (4), no Hotel Gran Marquise, pelo governador Camilo Santana. O chefe do Executivo esteve acompanhado do prefeito Roberto Cláudio e de diretores das empresas aéreas.

Camilo Santana afirmou que a conquista é mais um marco da nova etapa de Fortaleza como um grande centro de conexões internacionais, e que o stopover vem para atender a uma reivindicação antiga do trade turístico.

“A partir de agora, o passageiro que quiser vir de Paris para São Paulo, por exemplo, e for fazer uma conexão em Fortaleza através do hub, ele vai poder passar até três dias sem alterar a tarifa da passagem. Essa vai ser mais uma enorme vantagem. E também vai servir para quem parte de Fortaleza a outros destinos da Europa, podendo passar até três dias em Paris e Amsterdã sem alteração de tarifa da passagem”, complementou.

O stopovover das companhias é padrão para quem vai para a Europa de qualquer origem no Brasil. Se o cliente for para Amsterdã, pode optar por fazer stopover em Paris e vice-versa. Se o destino for para qualquer cidade na Europa, que não uma dessas duas, o passageiro poderá desfrutar do serviço em uma das cidades citadas ou até mesmo nas duas.
Aquecer o turismo e a economia

O governador explicou que a cidade de Fortaleza está em preparação para receber, com o serviço, aumento considerável no fluxo de turistas. Com mais atrativos para os viajantes passarem dias na Capital, o turismo cearense será campo de mais ações do Governo do Ceará, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza, voltadas à rede hoteleira e pontos comerciais.

“Estamos trabalhando para oferecer incentivos para que o passageiro tenha desconto em hotéis, restaurantes, atraindo assim cada vez mais turistas. Quanto mais turistas tivermos, teremos mais movimentação na economia e mais geração de empregos”, revelou Camilo.

O prefeito Roberto Cláudio lembrou que o hub trará 80 mil novos passageiros estrangeiros que chegarão por ano no Aeroporto de Fortaleza. Ele afirmou que a segurança, comodidade e qualidade nos serviços serão garantidos pela nova estrutura preparada pela Fraport, concessionária atual do equipamento. O gestor municipal reforçou a importância do aumento do fluxo turístico para o Município, e ressaltou que isso terá relevância social para a população mais pobre.

“Certamente é mais dinheiro circulando na cidade, novos ganhos para a cadeia do turismo. E assim também teremos a inclusão social pelo emprego, dando oportunidade a quem precisa. Essa é mais uma dimensão do impacto concreto que o hub traz para Fortaleza. Nossa tarefa agora é explorar ao máximo o potencial dele para o desenvolvimento da nossa cidade”.



Início do serviço


O início da prática de stopover no Aeroporto de Fortaleza deverá ter início em aproximadamente dois meses pelas empresas. Segundo o governador Camilo Santana, as três companhias articularão com agências de turismo e trade turístico para adaptar toda a estrutura.

Presidente da GOL, Paulo Kakinoff detalhou que as empresas envolvidas na parceria estão confiantes no potencial econômico e turístico do hub, que após oito meses de trabalho se tornou realidade a ser celebrada na Capital. Sobre a companhia aérea nacional, ele falou acerca do prazo de implementação do novo serviço.

“Nós temos, no caso da GOL, um prazo estimado de implementação de seis a oito semanas. Há a necessidade de uma adaptação sistêmica para que isso aconteça. É um pouco mais complexa do que o stopover da Air France/KLM, dada a quantidade de voos que trabalhamos para esse aeroporto. Mas, com a segurança de dois meses, teremos a experiência de stopover nas tarifas oferecidas pela Gol, aproveitando o máximo potencial deste hub”.

Também participaram da coletiva o executivo da Air France, Patrick Alexandre, o CEO da Joon (subsidiária da Air France), Jean Michel Mathieu, e o CEO da KLM, Pieter Elbers.

--
Yanna Guimarães
Assessora de Comunicação da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur)
(85) 3195.0211 / 99921.1282
www.setur.ce.gov.br

 

Calendário

Maio 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2